CRESCIMENTO
Venda de PCs no Brasil cresce 29% no 2º semestre


Por Reuters


As vendas de computadores pessoais no Brasil cresceram 29 % no segundo trimestre de 2010 contra um ano antes, chegando a 3,4 milhões de unidades, segundo dados de uma consultoria que acompanha o mercado.

De acordo com os números do IDC divulgados nesta sexta-feira, do total vendido, 54 % foram computadores de mesa, sendo o restante de notebooks.

Na primeira metade do ano, as vendas totais somaram 6,4 milhões de unidades, 32 % acima do visto entre janeiro e junho de 2009.

"O número do primeiro semestre deste ano já é maior do que o do segundo semestre de 2009, período que normalmente apresenta números expressivos. Podemos esperar um mercado bastante aquecido nos próximos meses", previu em nota o coordenador de pesquisas do IDC, Luciano Crippa.

Para 2010, o IDC elevou sua perspectiva de crescimento das vendas de PCs no Brasil contra 2009 para acima de 20 %, com vendas de cerca de 13,7 milhões de computadores, ante estimativa anterior de 13,2 milhões de unidades.

A projeção do IDC está em linha com a estimativa da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), que prevê vendas de 14 milhões de computadores este ano no país, pouco mais da metade em desktops.

De acordo com o IDC, para "2011 as expectativas também são boas... O governo poderá se destacar, pois existe a possibilidade de termos até 1,2 milhão de computadores vendidos por conta do programa 'Um Computador por Aluno'".

Fonte: Reuters


Confira também: